sexta-feira, 5 de outubro de 2012

COMEÇOU BEM O DIA 5 DE OUTUBRO 2012!...

O verdadeiro estado a que isto chegou...
"Viva o 5 de Outubro, mas de 1143!"

BANDEIRA IÇADA AO CONTRÁRIO.
Acto falhado ou inconsciente e simbólico?

Tudo o que diz respeito à bandeira nacional tem um simbolismo e hasteá-la ao contrário não foge à regra.

Em tempos durante as guerras, as bandeiras hasteadas ao contrário eram sinal de que o local estava dominado pelo inimigo, enviando um pedido de socorro!

Trata-se de um sinal reconhecido a nível internacional...

--------------------------------------

Caros leitores
O artigo que se segue foi escrito em 3 de Junho de 2010 (ainda bem antes do fim do anterior governo), e é a 4ª vez que o ponho a circular. Nenhum dizer foi alterado.

Nas anteriores vezes a aceitação foi variada, mas tenho consciência que não fazia vencimento na maioria das mentes, sendo os motivos variados.

Esta será muito provavelmente a última vez que o faço pois creio que, infelizmente, irá estar ultrapassado em breve.

Isto é, vão ser necessárias medidas ainda mais duras e extremas.

A vida colectiva está a desmoronar-se e o país está em sério risco de desaparecer como tal. Avizinha-se um novo "PREC" e ninguém pode, em boa verdade, saber qual o desfecho de um novo "25 de Novembro", se o houver...

É possível que esteja enganado, mas não seria má ideia procedermos como se não estivesse.

Em linguagem popular - mas sábia - chama-se a isso "pôr as barbas de molho".

Cumpts
Brandão Ferreira

4 comentários:

Ricardo Amaral disse...

As pessoas sérias e sensatas que estão dentro do sistema(incluindo os partidos)deviam formar uma alternativa a bem do país(nem de direita nem de esquerda)para evitar que se afunde mais obrigando à tal suspensão da democracia.Ou será tarde demais mais uma vez??

O mais humilde dos humildes disse...

É verdade mais uma vez Meu Ten.Cor. os partidos (e eu sei do que falo,pois ocupei alguns cargos de nível médio num partido aonde combati e fui combatido sem nunca ser vencido,apenas pelo cansaço pois todo o sistema á muito que deixou de ser na base ideologica mas sim no interesse de alguns ou de alguns obscuros interesses que á muito minam o nosso País.Quer a nível local quer nacional.na politica,na justiça,nestas pseudo elites que minaram todo o sistema)estão podres.As referências tradicionais á direita não existem,existe sim nestes partidos politicas ultra liberais longe dos valores tradicionais do nosso Pais,daí que a esquerda vista por uma geração que de Historia entre outras coisas não conhece reveem-se na critica,longe de saberem o que essa jacovinisse realmente pretende.Cabe-nos a nos e especialmente as nossas Forças Armadas(pedra basilar da nossa Naçao)uma instituição que realmente tem competencia ,disciplina e valores(talvez a última da nossa Pátria)resgatar-nos.Por minha parte Meu Ten.Cor.ás suas ordens...PS:estou á vontade pois nem directamente nem indirectamente ganhei 1 cêntimo na minha actividade enquanto dirigente optando sempre por ser independente do sistema,pois é tive sempre que trabalhar e com gosto

lusitânea disse...

O Talhinhas já deve andar a preparar a clandestinidade.Ó Talhinhas não esqueças a pomada para o reumático pá...

Anónimo disse...

Meu caro Brandão.
A bandeira nacional de cabeça para baixo é de facto uma imagem aberrante, mas a cara dos idiotas que estão a assistir ao hastear da bandeira e nenhum tomar a iniciativa de fazer parar o idiota que a hasteia é que me deixa preocupado.
Não é nenhum funcionário municipal, é o PR acolitado pela presidente da AR, o presidente da CML e outros pavões que não conheço.
Agradeço as preocupações que o "lusitânea" tem para com a minha pessoa...pomada para o reumático não preciso ainda e por enquanto, mas se for preso agradeço uns cigarros.
Um abraço do Talhinhas.